biblioteca
biblioteca

Biblioteca Ruy Carlos Ostermann #4 – Os livros de Tati Mantovani

Se você acompanha a Champions League e/ou o campeonato espanhol, a La Liga, já deve ter ouvido falar em Tatiana Mantovani, repórter e correspondente da TNT Sports (antigo Esporte Interativo). Sempre com seu banquinho, a “baixinha” já entrevistou Zidane, Marta, Simeone, Iniesta e acompanha o Real e o Atlético de Madrid de pertinho. 

O amor pelo futebol vem de berço. O pai foi fundador da Associação Carlos Barbosa de Futsal – ACBF, o que fez Tati acompanhar de perto seu time de coração. Quando entrou na faculdade de jornalismo na PUCRS, chegou a pensar que não trabalharia com esporte para não estragar a paixão. Ainda no Brasil, foi produtora de jornalismo geral de 2004 a 2009 na Rádio Gaúcha.

Foi na Espanha, em 2011, que Tati percebeu que trabalhar com o que ama pode ser uma boa ideia. Lá, fez três pós-graduações em gestão e marketing e criou o blog Fúria, em que escrevia sobre os dois grandes times de Madrid. Virou referência e ingressou no Esporte Interativo em 2016.

O lugar certo na hora certa. Mantovani esteve em Madrid no melhor momento da história do futebol madrilenho. Participou de três finais de Champions League, sendo a primeira entre os dois times pelos quais se apaixonou: Real Madrid e o Atlético de Madrid. 

Apesar da pouca altura, hoje Tati é uma das maiores referências quando se fala de futebol europeu. Encontrou seu lugar no mundo e virou inspiração para tantas mulheres que sonham em trabalhar com esporte. 

Sempre sorridente, aceitou gentilmente o convite para indicar três livros para nossa biblioteca. Três títulos que contam um pouco da história do futebol e que acompanharam a gaúcha até Madrid. 

Confira aqui três indicações de livros de Tati Mantovani!

Estrela Solitária – Ruy Castro

Fala, Tati! Um dos meus livros preferidos. A história do Garrincha contada pelo melhor biógrafo do Brasil. Ter a possibilidade de conhecer um dos grandes jogadores da história do futebol e a realidade daquela época. Estamos acostumados, pelo menos neste início de século 21, com jogadores superestrelas. A realidade dos anos 60, 70 era completamente diferente e o que imperava era o talento e só o talento. O livro repassa toda a vida do Garrincha e te leva a imaginar como teria sido a carreira dele se ele tivesse vivido no futebol de hoje. Talvez, ele não teria sido Garrincha. Vale muito a leitura.

El Fútbol a Sol y sombra – Eduardo Galeano

Fala, Tati! A visão do gênio Galeano de diferentes acontecimentos do futebol. Um livro leve, divertido e informativo. O jeito de narrar diferentes momentos da história do futebol, sempre com a visão do contexto daquele momento. Fácil e rápido de ler e reler. Aquele livro para você ir lendo pouco a pouco ou de uma vez só.

Febre de Bola – Nick Hornby
Fala, Tati! A realidade e o sofrimento do torcedor fanático. No caso de um torcedor do Arsenal dos anos 80 e 90. Pra mim, o melhor livro para entender a paixão de um torcedor pelo seu clube. A dor das derrotas e a euforia quase irracional das vitórias. Como o futebol pode afetar diretamente no dia a dia de quem não vive dele, mas vive ele. É um relato romantizado, mas ao mesmo tempo muito realista, do torcedor apaixonado. Leitura obrigatória para quem ama um clube.

Leia aqui as indicações de Roger Machado, Tino Marcos e Luciano Potter para nossa biblioteca!

Texto de Júlia Vargas.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.