estante de livros
estante de livros

Biblioteca Ruy Carlos Ostermann #3 – Os livros de Luciano Potter

Um dos dogmas do jornalismo é que quando nos tornamos repórter, jamais deixamos de ser. Pelo menos, os bons. E um bom repórter pergunta, mesmo quando questionado. Logo depois de disparar um “Bah, que demais!” ao receber nosso convite, Luciano Potter indagou logo na sequência com a tradicional velocidade de fala e raciocínio: “Tá, mas posso incluir mais uma indicação?”

Quem escreve esse texto está longe do talento do pai do Federico e do Santiago, comunicador, jornalista, podcaster e palestrante”, como se apresenta em suas redes sociais o Potter. Quem escreve esse texto, no entanto, está bem próximo do colega ao consumir boa parte do conteúdo produzido por um cara que não esquece de que iniciou como produtor da Rádio Gaúcha, local onde hoje ancora o Time Line, participa do Sala de Redação, dentre outras atribuições no Grupo RBS. A vocação para o questionamento, o modo diferente de fazê-lo para entrevistados e públicos diferentes não é algo fácil.

Este material está sendo editado um dia após a derrota do Inter para o Sport pelo Campeonato Brasileiro. Um resultado que posterga a expectativa pelo título colorado que não vem desde 1979, justamente o ano de nascimento de quem irá compartilhar com os leitores suas dicas para a Biblioteca Ruy Carlos Ostermanm, espaço nobre do FootHub.

“Pra quem não sabia, ser colorado é exatamente isso. Todos os detalhes tragicômicos da derrota de hoje definem o que é torcer para essa entidade. Não há purgatório. É céu ou inferno”. O desabafo, a reflexão, a sensibilidade e porque não um autoflagelo com pitadas de humor derramado em poucos caracteres resume o sentimento de um torcedor vermelho de capacidade reconhecida por quem sofre por outras cores.

“O Potter é o cara que tem o maior coração que eu conheço. Sempre pensa nos outros e depois nele”, revela Duda Garbi, amigo e colega jornalista. Preste atenção, portanto em suas indicações. Quem o conhece ouvindo falar de tudo: cultura, futebol, política, música, cinema, agora tem a oportunidade de acessar suas dicas de literatura.

Confira aqui cinco indicações de livros de Luciano Potter!

Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas é uma das obras clássicas de Machado de Assis. A história é narrada em primeira pessoa por Brás Cubas, que depois de morto decide contar alguns dos episódios mais marcantes vividos desde sua infância até a vida adulta. Estas passagens, descritas sem ordem cronológica, trazem a tona sua relação com seu escravo Prudêncio e com o “emplastro”, um medicamento que teria grande potencial de cura.

Fala, Potter! Tem uma editora brasileira, chamada Panda Books, que tá lançando livros clássicos como “O Cortiço”, “Dom Casmurro”, “Memórias de um Sargento de Milícias” e o clássico, maravilhoso “Memórias Póstumas de Brás Cubas” do Machado de Assis, que eles vão, página por página, colocando detalhes de dicionário, observações sobre alguma coisa difícil para entender da época. É um livro delicioso. É um clássico e ele vai sendo traduzido página por página por um trabalho de pós-produção dos editores, de explicar, de mastigar para gente de uma maneira muito inteligente. 

The Chicago Cubs: Story of a Curse, Rich Cohen

Quando Rich Cohen tinha oito anos, seu pai o levou para ver um jogo dos Cubs. Na saída do parque, seu pai pediu-lhe que fizesse uma promessa. “Prometa-me que você nunca será um fã dos Cubs. Os Cubs não ganham ”, explicou ele,“ e por causa disso, um torcedor dos Cubs terá uma vida diminuída determinada por baixas expectativas. Essa equipe vai estragar sua vida. ” O pedido de seu pai não foi suficiente para o autor deste livro, que se tornou um torcedor fanático do Chicago Cubs. Na obra, Rich Cohen conta a história de seu clube e como foi passar por um jejum de títulos que durou 108 anos. 
Fala, Potter! Duas dicas numa. Dois livros que contam histórias totalmente diferentes de um esporte chamado baseball, que eu aprendi a gostar nos últimos tempos. Um deles, o final de uma das maiores filas da história do esporte. Lembrando que nos Estados Unidos tu só tem um campeonato por ano, não tem um regional, a Copa do Brasil, o Brasileirão, a Libertadores, então pra tu sair da fila, ou  tu ganha o campeonato naquele ano ou já era. Então o jornalista Rich Cohen escreveu The Chicago Cubs: Story of a Curse. É um livro que conta essa história de 108 anos sem um título e o Cubs conseguiu isso alguns anos atrás.

Astroball: The new way the win it all, Ben Reiter.

Astroball é um livro complementar ao já famoso Moneyball, que acabou inclusive virando filme. Em 2014, os Astros eram o pior time de beisebol em meio século, mas apenas três anos depois desafiaram os críticos para vencer a World Series, grande final do baseball americano. A diferença em seu método para o que existia antes foi dar ao fator humano um papel fundamental na tomada de decisão para montagem do elenco e demais circunstâncias da temporada.

Fala, Potter! Foi best seller do New York Times. Os Astros ganharam um campeonato recentemente e aquela revista Sports Illustrated fez uma matéria dizendo que eles iam ganhar neste ano que eles ganharam, e tem o porquê. Então é um livro que conta a história de como montar um time, quem viu Moneyball, aquele filme com Brad Pitt vai entender. O Ben Reiter conta muito bem essa história de como a ciência e as histórias do jogo podem mudar o esporte.

La Final de Nuestras Vidas, Andrés Burgo

O drama está presente em toda a vida do argentino, do tango ao futebol. Nesta obra, Andrés Burgos conta, com toda sua paixão pelo River Plate, a história da grande final disputada e vencida contra o rival Boca Juniors, que deu ao River seu quarto título continental. É mais uma história que o autor busca deixar inesquecível na mente dos leitores, assim como feito em suas outras obras sobre o próprio clube e a partida entre Argentina e Inglaterra na Copa de 1986.

Fala, Potter! Tem uma coisa muito legal que são livros de algumas conquistas ou derrotas, e o futebol tem muito disso. La Final de Nuestras Vidas, da editora Planeta da Argentina, que eu comprei em Buenos Aires, que é um livro do Andrés Burgo, que conta a final jogada no Santiago Bernabéu entre River Plate e Boca Juniors. Os argentinos são muito bons na escrita, os jornais argentinos são muito bons. Um jornal popular como o Olé, ele tem muito texto, eles são muito bons nisso. Eles tratam o futebol, esporte, como uma coisa muito gigante, uma coisa muito macro na nossa vida, e em alguns momentos eles são mesmo. Então eu acho muito legal isso de pegar e contar uma história desse jeito assim. La Final de Nuestras Vidas do Andrés Burgo é praticamente um livro sobre a final, conta a história do River, é um cara do River obviamente, imagina se um cara do Boca ia escrever isso.

Woody Allen: a Autobiografia, Woody Allen

Enquanto revisita seus sessenta anos de carreira e suas produções que marcaram gerações, como Noivo neurótico, noiva nervosa, Manhattan e Annie e suas irmãs, até suas produções mais recentes (Meia-noite em Paris e Um dia de chuva em Nova York), Woody fala sobre seus casamentos, romances, amigos, sua relação com o jazz, seus livros e suas peças. O fato mais esperado dessa obra são as polêmicas que o cineasta colecionou, como acusações e rompimentos de amizades.

Fala, Potter! Um dos maiores cineastas da história, Woody Allen, com uma vida absolutamente controversa. Aqui ele dá a versão da vida dele, dos problemas dele, e nessa época de cancelamento e essas coisas todas, todas as acusações contra ele nunca uma autoridade de justiça americana conseguiu comprovar que ele fez aquilo. Então, como diz o Rui Castro: coerente até o fim, Woody Allen dispensa a nossa absolvição. O livro é muito bom mesmo porque conta em cima disso aí. Ainda tô lendo ele, não acabei de ler.

Texto de Equipe FootHub.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.