estádio real madrid
estádio real madrid

Sistema de Jogo, Organização Estrutural e Organização Funcional

Dando sequência à discussão dos conceitos relacionados à organização e montagem de uma equipe, após intentar, no último texto escrito por mim, intitulado de “O que é Modelo de Jogo?” e disponibilizado nesta coluna semanal, definir o significado de modelo de jogo, faz-se necessário, com o objetivo de aprofundar mais ainda o debate, trazer ao conhecimento de todos a definição de sistema de jogo.

Logo de início, no intuito de aclarar o entendimento dos amantes do futebol que estão lendo esse texto, importa dizer que o sistema de jogo está inserido no âmbito do modelo de jogo, tratando-se da parte mais visível deste e, por isso, significando a forma como uma equipe se apresenta em determinada partida.

Muito embora o modelo de jogo não seja de fácil identificação por parte de um observador de uma única partida, dada a sua complexidade e quantidade de elementos envolvidos na sua composição, não se pode dizer o mesmo do sistema de jogo, o qual, diante de análise minuciosa, apresenta-se com maior nitidez.

No livro intitulado de “Pep Guardiola: A Evolução”, escrito por Martín Perarnau, o Sistema, também denominado como Módulo de Jogo, é descrito como a distribuição espacial dos jogadores no campo e em cada momento específico da partida, abrangendo, portanto, diversas fases do jogo.

Percebe-se, portanto, que o dito sistema de jogo abarca o posicionamento dos atletas de uma equipe no momento inicial do jogo, servindo, assim, como forte referência às variações de módulo ocorridas nos demais momentos da partida.

Saliente-se, até para fins de aprofundamento do debate, que o Sistema de Jogo não pode ser encarado como um elemento estático, pois uma equipe, no contexto do futebol moderno, adota variações estruturais e funcionais nas diferentes fases do jogo, quais sejam os momentos de organização defensiva e ofensiva, assim como de transição defensiva ou ofensiva.

Vale dizer, com esteio no conceito acima delineado, que o sistema de jogo é formado por duas vertentes complementares, conforme se depreende na imagem acima ilustrada, quais sejam a organização estrutural ou estrutura de jogo e a organização funcional.

A organização estrutural diz respeito ao desenho adotado pela equipe nas suas apresentações, a exemplo das formações em 1–4–4–2, 1–4–3–3, 1–4–1–4–1 e tantas outras que podem ser utilizadas.

Pontue-se, tão somente para esclarecer, que sempre é preferível mencionar as formatações táticas com a inserção do Goleiro numa primeira linha, haja vista que, atualmente, trata-se de figura influente e integrante do sistema de jogo, sendo, por vezes, responsável por coberturas, saída de bola, orientação dos demais jogadores e até participações efetivas na circulação da bola. A organização funcional, por sua vez, diz respeito à forma como a equipe desenvolve e manifesta a sua estrutura tática, constituindo-se, portanto, no somatório das funções táticas exercidas por cada atleta da equipe no contexto do jogo.

Apenas com o fim de esclarecer o entendimento do leitor do presente texto, tomando como base as definições aventadas e levando em consideração o exemplo contido na segunda imagem acima exposta, é possível que duas equipes tenham a mesma estrutura de jogo e a manifestação da mesma se ocorra de forma completamente diversa devido a função que cada jogador desempenha em campo, ou seja, dois atacantes de equipes diversas, as quais apresentam formatação estrutural equivalente, podem ocupar a mesma faixa de campo em seus respectivos times e, ao mesmo tempo, exercerem funções distintas, sendo um deles um falso nove de alta movimentação e o outro um centroavante fixo.

Visando reforçar mais ainda o exemplo demonstrado na segunda imagem acima postada, cumpre asseverar que é totalmente cabível a existência de duas equipes que adotem a mesma estrutura, mas tenham laterais responsáveis por exercer funções diferentes no momento do jogo. Diante da fundamentação construída até o presente momento, resta inequívoco que duas equipes podem utilizar estrutura de jogo similar e, mesmo assim, atuar de forma distinta, pois mais importante do que a organização estrutural é a dinâmica manifestada através da estrutura, elementos que se completam e ensejam a formação do sistema de jogo.

Texto de Mauro Maia, de Los Futebólicos.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.