de olho nos detalhes
de olho nos detalhes

Os Jogos Olímpicos e a importância dos detalhes no esporte de alto rendimento

A disputa dos Jogos Olímpicos está nos mostrando o quanto o esporte pode ser definido nos detalhes. Centímetros, milímetros, segundos e centésimos podem definir medalhas e separar os primeiros dos últimos. Em Tóquio, isto fica mais visível. Mas os detalhes estão presente diariamente no esporte.

O futebol é definido em detalhes. A gente estuda muito, não só a nossa equipe, mas o adversário também. Justamente para fazer todos os ajustes necessários e ter o mínimo de erro possível dentro de uma partida, que é o nosso maior desafio final. Durante toda a semana a gente analisa constantemente todos os treinamentos e tudo que envolve o futebol. Não só a parte técnica, física e tática, mas psicológica também. A gente precisa entender todos esses contextos, porque esses detalhes vão fazer toda a diferença. Quando a gente entende os detalhes, a gente consegue entender melhor o jogo.

O trabalho com análise é fundamental na correção dos comportamentos. No entender dos detalhes, no que a gente pode achar uma melhor performance como equipe. A análise traz a imagem detalhada. Afinal, durante o processo de treino não é possível visualizar tudo que está acontecendo o tempo inteiro. Com o vídeo, nenhum detalhe escapa. Tanto para mostrar para ou atleta ou para a comissão.

Hoje o atleta é muito questionador. Indiferente da qualidade, ele por si só questiona cada detalhe e informação. O principal é como passar esta informação para ele compreender melhor o processo para ele compreender melhor na hora do treinamento e entender o nosso modelo de jogo.

O futebol é coletivo e em conjunto a gente consegue minimizar os erros.

O atleta medalha de ouro é completo. Mas não apenas falando de qualidade, mas o atleta que é apaixonado pelo que faz. O atleta que se dedica e se doa ao máximo no esporte que ele está praticando. Independe de qualidade, é algo além. É a superação durante toda a sua trajetória. Nenhum esporte é fácil.

O atleta é cobrado diariamente pelo resultado e muito menos pelo desempenho. Mas a medalha de ouro é uma só. Pelo menos uma vez na vida todos merecem ganhar uma medalha de ouro. Quem pensa só no resultado não é o medalhista de ouro, tem que ser completo.

Texto de Michele Kanitz.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.