curso as lentes do futebol
curso as lentes do futebol

Bastidores: As Lentes do Futebol

Nas noites das últimas duas terças-feiras o FootHub deu início a sua nova fase. Depois de mais de 40 eventos presenciais entre 2018 e 2019, chegou a hora de ingressar no mercado digital. Para começar, um parceiro de longa data: Lucas Uebel, fotógrafo oficial do Grêmio, trouxe a quarta edição de seu curso ‘As Lentes do Futebol’. Vamos contar um pouco do que rolou nas duas aulas, como os assuntos abordados e as dinâmicas utilizadas para conectar os alunos mesmo em sala de aula virtual.

Lentes do Futebol: dia 01

O curso teve início com nosso professor, Lucas Uebel, contando sua história até chegar a função em que atua hoje: fotógrafo oficial do Grêmio. Foram alguns anos cobrindo os treinos do clube para uma agência até que o cargo no clube ficou disponível. Como contamos aqui, Lucas aproveitou o contato diário para assumir a função. Um recado importante neste começo de aula foi em relação aos equipamentos necessários para começar. Lucas ressalta que não é necessário que se tenha a melhor câmera, melhor lente no início da carreira de fotógrafo. Mais importante que isso, por exemplo, é praticar, tirar fotos de diversos eventos para aumentar seu conhecimento. O equipamento utilizado acaba evoluindo ao longo da carreira.

Outro ponto importante neste primeiro dia de curso foi mostrar aos alunos que existem algumas estratégias na atuação como fotógrafo esportivo. “Tu precisa saber quais as necessidades do teu cliente, para saber o que ele espera de ti e entender como tu pode surpreender ele.” A partir desse pensamento, o fotógrafo pode definir o local que ele ficará posicionado no estádio e como ele contará a história da partida, do time ou de um atleta específico. Lucas explicou ainda que, no caso dele como fotógrafo oficial, existem diversas outras atividades além do jogo em si, como lançamento de uniformes e eventos institucionais.

Após um pequeno intervalo, a aula voltou com um momento de interações. Os alunos puderam abrir seus microfones na plataforma Zoom e se apresentar, contando um pouco da sua trajetória. Conectar pessoas é um dos princípios da escola e deve ser buscado em cada curso, em cada palestra que realizamos, para que alunos e professores tenham uma experiência completa. Os participantes tiveram tempo também para tirar algumas dúvidas com nosso professor, fazendo perguntas diretamente para o Lucas. Fechando o primeiro encontro, Lucas passou algumas dicas aos alunos. O ato de treinar a fotografia talvez seja a mais importante, pois é a partir do treino, do erro e das correções que profissionais de todas as áreas conseguem evoluir em suas carreiras.

Lentes do Futebol: dia 02

O curso teve continuidade uma semana depois. No segundo dia a aula começou com um assunto novo: as mudanças com a pandemia para os fotógrafos esportivos. Lucas contou um pouco sobre novos protocolos que todos tiveram que passar, ou estão passando, neste período. Uma das mudanças mais significativas foi no posicionamento dos fotógrafos, nos primeiros jogos pós-retomada, todos precisaram sair do campo e trabalhar diretamente da arquibancada. O novo ângulo traz novas possibilidades, mas acaba com algumas práticas que só eram possíveis quando o fotógrafo estava no nível do gramado. No caso do Lucas, por ser fotógrafo oficial de um clube, foi possível retomar ao seu local de origem com o passar do tempo e um maior entendimento do protocolo para conter o vírus.

Outra consequência da pandemia foi uma mudança no próprio curso ‘As Lentes do Futebol’. As edições anteriores contavam com dinâmicas práticas, com os alunos indo ao campo para tirarem fotos, seja de treinamentos do Grêmio ou partidas de campeonatos de base. Sem essa possibilidade, precisamos nos reinventar. A dinâmica da vez foi montada então com fotos que os alunos haviam feito em sua carreira, ou como lazer mesmo para aqueles que ainda não iniciaram o trabalho na área. Estas fotos foram enviadas no grupo da turma e o professor Lucas Uebel comentou cada uma delas na aula, destacando aspectos como a luz, o posicionamento, o cenário e possíveis formas de vender aquele material.

Neste segundo encontro Lucas trouxe ainda duas participações especiais. A primeira foi de Vitor Silva, fotógrafo oficial do Botafogo, que respondeu em vídeo algumas perguntas que os alunos enviaram durante a semana. Entre os temas estava o fato de retratar um time em crise como o Botafogo e como a paisagem do Rio de Janeiro pode ser utilizada para complementar uma foto. A outra participação foi de Lucas Figueiredo, fotógrafo da CBF, que pode participar ao vivo e interagir diretamente com os estudantes. O xará do nosso professor contou sua rotina na confederação, em um trabalho que vai além dos jogos da seleção brasileira.

O curso ‘As Lentes do Futebol’ foi finalizado com um recado do Lucas Uebel: saiba o que você tem, conhecimento e materiais, saiba como você precisa estar para ter uma boa performance e, o mais importante, saiba que você trará resultados. Com essas três metas, é possível fazer um grande trabalho como fotógrafo de futebol. Até a próxima edição!

Texto de Equipe FootHub.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.