executivo de futebol com bola
executivo de futebol com bola

FootHub apresenta: Executivo de Futebol

Seguindo nossa missão de contribuir para o desenvolvimento do futebol brasileiro, está no ar o curso Executivo de Futebol, comandado por Fernando Carvalho. O curso foi estruturado para servir de manual para quem deseja atuar no mercado do futebol, e conta ainda com alguns convidados especiais que irão dividir seus conhecimentos sobre áreas específicas do esporte. Alguns dos nomes confirmados são Alexandre Mattos, Jorge Macedo, Felipe Ximenes, André Cury, Caio Derosso e JP Fontoura. Neste texto, vamos contar um pouco sobre a profissão e algumas particularidades que os profissionais da área enfrentam em suas carreiras.

Saiba mais sobre o curso Executivo de Futebol com Fernando Carvalho e convidados especiais.

A função executivo de futebol

Enquanto para torcedores envolve paixão, gestores tratam o futebol como negócio. A indústria esportiva representa um dos maiores mercados de entretenimento do mundo, movimentando bilhões de dólares anualmente. Como todo negócio, o esporte demanda gestão, estratégias e objetivos, através da contratação de profissionais capacitados, que não coloquem a emoção na ponta da caneta na tomada de decisões.

É neste cenário que surge o executivo de futebol, uma função fundamental em todos os clubes. Este mercado se mostra cada vez mais importante, com profissionais da função sendo disputados pelos principais clubes do futebol brasileiro. Em 2017, alguns profissionais da ABEX, associação brasileira de executivos de futebol, foram até a câmara dos deputados para regulamentar a profissão. O processo ainda não foi concluído.

Em 2020, pudemos vivenciar outro momento importante neste mercado. No final do ano, diversas trocas ocorreram de profissionais entre os principais clubes do país. Rodrigo Caetano saiu do Internacional para o Atlético-MG. Para seu lugar, o clube gaúcho buscou Paulo Bracks no América-MG, vice-campeão da Série B. Corinthians, Coritiba e Goiás foram outras instituições que movimentaram o mercado.

As funções de um executivo

Falando um pouco sobre as funções do executivo de um clube profissional, este é o responsável por administrar tudo que está relacionado à principal área da instituição, desde as categorias de base até o time principal.

Responsável direto pela contratação e venda de atletas, incluindo questões técnicas e financeiras. Faz ainda a ligação do futebol com áreas como logística, o departamento médico e tem participação importante no planejamento financeiro de curto, médio e longo prazo do clube. A racionalidade é uma das características mais importantes para um executivo, defendendo o que foi planejado pelo clube.

O grande diretor, para mim, é quem faz com que vários departamentos fiquem convergindo para o departamento de futebol de uma maneira boa, transparente e saudável. Essa é a gestão de processos. E a gestão de pessoas vem do ambiente, dos colaboradores, dos jogadores, do elenco, da comissão técnica, dos estatutários… O executivo é o gestor dessas relações, inclusive relações de mercado. Tudo passa por ele, inclusive ações de marketing, da área de saúde, contratações, a parte de contratos. O gestor é uma figura central em todos esses departamentos

Alexandre Mattos, Executivo de Futebol e convidado da aula de abertura do curso Executivo de Futebol.

Os cenários de um clube de futebol

Quando as pessoas vislumbram suas carreiras na área de executivo de futebol, estas pensam sempre em atuar em clubes como Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Internacional. No entanto, o mercado é muito mais amplo do que isso. Existem diversos cenários que devem ser vistos como oportunidades de trabalho para aqueles que queiram construir suas carreiras.

Aqui, podemos listar diferentes desafios. Limitações financeiras, dificuldade na montagem de uma comissão técnica que envolva todas as áreas, diferentes culturas organizacionais e estilos de jogos dentro do esporte. Todas essas questões serão expostas no curso ministrado pelo Fernando Carvalho.

No Internacional, eu tinha o objetivo de ser campeão mundial, e conseguimos. No Cianorte, outro clube totalmente diferente, eu tenho o objetivo de chegar a série B do campeonato brasileiro, este é o objetivo maior. São coisas diferentes e eu tenho que estar preparado.

Fernando Carvalho, professor do curso Executivo de Futebol

Conexão forte

Para finalizar, precisamos ressaltar um dos aspectos mais importantes para que um profissional possa se destacar no mercado de trabalho do futebol: a conexão entre os participantes. Este, que é um dos pilares do FootHub desde o início do projeto, será reforçado com as atividades do curso e a mentoria com o professor. A troca de experiências é fundamental para a construção de um ecossistema mais desenvolvido no futebol brasileiro.

Texto de Equipe FootHub.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Faça parte do nosso time

Preencha o formulário para que nossa equipe possa avaliar suas informações e entrar em contato.

Publique o seu artigo

Preencha o formulário para que nossa equipe possa entrar em contato e ajudar você a publicar seu artigo.