Waze amplia "briga" por mobilidade urbana no futebol

O aplicativo de navegação Waze ampliou a presença no esporte brasileiro. A empresa assinou uma parceria com o Corinthians e com o Fluminense, a fim de ajudar os torcedores a chegarem nos estádios em dias de jogos. A empresa se une outras ferramentas com o mesmo fim, como a Uber e a 99.

O plano do Waze é se unir aos clubes para ter mais dados sobre o trânsito na chegada e saída dos estádios. Assim, a logística do torcedor para horários e estacionamentos, por exemplo, pode ser facilitada pelo aplicativo.

A parceria com times não é uma novidade para a empresa, que hoje pertence ao Google. Na lista de acordos da marca estão o trio de Toronto, no Canadá, com Toronto Maple Leafs, Toronto FC e Toronto Raptors. O Lille, da França, é outro exemplo global do Waze no futebol.

A empresa reforça a presença de aplicativos de mobilidade no esporte, algo que tem sido reforçado no Brasil nos últimos anos. A Uber, especializada em transporte privado, tem fechado acordos com equipes do país, caso de Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Atlético Mineiro.

Clubes parceiros do Waze no Brasil
Internacional
Grêmio
Cruzeiro
Atlético-MG

A 99, concorrente direta da Uber, já teve presença mais intensa no futebol, com uma série de patrocínios. Em 2015, o próprio Corinthians mantinha o logotipo da empresa exposto no uniforme; em 2017 foi a vez do Fluminense. Neste ano, a companhia esteve no Campeonato Goiano.

Outras marcas que estão no Brasil também fazem a mesma aposta globalmente. É o caso da Moovit, parceira de mobilidade oficial da Roma, da Itália, e da Cabify, que mantém acordo com o Valencia, na Espanha.

O objetivo costuma ser o mesmo em todos os casos: facilitar a chegada do torcedor ao estádio nos dias de jogos.

Fonte: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/waze-amplia-briga-por-mobilidade-urbana-no-futebol_34667.html#ixzz5HrH4HNVv