Treinadores do Sub-20 da dupla Grenal participam de evento no Foot.Hub

Categorias de base, uma das áreas mais importantes do futebol. O futuro do esporte está diretamente ligado ao tema, que deve ser sempre estudado. Com este objetivo, o Foot.Hub recebeu na última sexta e sábado profissionais da área para falar sobre o assunto. Fábio Matias, técnico sub20 do Internacional, Cesar Lopes, técnico sub20 do Grêmio, e Cláudio Gomes, especialista em treinamento, abordaram tópicos fundamentais para o crescimento de quem trabalha na base.

Um dos itens abordados tratou do objetivo da formação. Dependendo do clube, o jogador pode ser formado buscando uma venda para outra equipe, ou deve ser preparado para atuar no time principal. Essa questão causa alterações na metodologia de trabalho e na formação dos próprios atletas. Este objetivo deve estar de acordo com o planejamento realizado para as categorias, que também engloba a utilização de ferramentas e metodologias, citadas nas palestras.

Entrando na parte prática, os convidados trouxeram algumas ferramentas para a formação de um jogador. Uma delas é o futsal. Existem diversos nomes de sucesso que iniciaram suas carreiras no o futebol de salão. O esporte possibilita o desenvolvimento de características como o drible e toques rápidos, incentivando uma tomada de decisão com mais velocidade. Outra ferramenta mais recente é a de treinos sistêmicos. Nestes, são vivenciadas as situações de jogo, para que o atleta esteja melhor preparado para o momento da partida. Além disso, auxiliam na formação de jogadores mais inteligentes. Os treinos específicos de uma única área, analíticos, ou integrados, que misturam aspectos técnicos e físicos, são utilizados com menor frequência.

A metodologia voltada para base foi um dos aspectos que mais interessou aos convidados. Os palestrantes destacaram a importância de campos menores para idades inferiores. Categorias como sub10, sub11 e sub12 não devem jogar em grandes campos, pois terão dificuldades que irão atrapalhar sua formação, como questões físicas. A integração entre categorias e com os profissionais também é importante, para que exista um processo de evolução da formação do jogador. Junto com esta metodologia, deve existir um controle por parte dos profissionais que a utilizam, adequando as atividades de acordo com a avaliação feita.

Ainda que muito jovens sejam revelados pelos principais clubes do país, estudar o assunto é fundamental. A partir disso, eventos como este se tornam parte do processo em busca de evolução das categorias de base no Brasil. Entregou muito conteúdo e ainda proporcionou conexão entre os participantes, que saíram do Foot.Hub com diversas ideias para estudar e aplicar em seus clubes e escolinhas.