O cenário do futebol feminino na Dupla Grenal

O cenário do futebol feminino na Dupla Grenal

Com o avanço do futebol feminino no Brasil, os clubes estão começando a investir nos seus times. As jogadoras recebem salários, patrocínios e suporte. Na Dupla Grenal não é diferente. 

Estrutura

O Tricolor manda seus jogos e treinos no estádio Vieirão, em Gravataí, onde também está localizado o alojamento para as jogadoras. Já o Colorado manda a maioria dos seus jogos no Estádio da PUCRS, em Porto Alegre, enquanto os treinamentos são na academia da Polícia Militar, também na capital gaúcha.

Patrocínios

Em 2019, ambas as equipes receberam o apoio da Uber, como patrocinador oficial dos clubes, assim como da Pompéia. A dupla também conta com a parceria de Banrisul, Unimed e Laghetto, além dos fornecedores dos uniformes, Nike e Umbro. Além dos patrocinadores, as duas equipes contam com a divulgação e, às vezes, transmissão das rádios/tvs oficiais dos clubes.

Campanhas

Com um conturbado início em 2018, com poucas jogadoras no elenco, a equipe tricolor terminou o ano com o título estadual em cima do maior rival, Internacional, dentro do Beira-Rio. Neste ano, o início foi completamente diferente. Com uma maior profissionalização, a equipe disputa o Brasileirão Série A2 neste primeiro semestre e, no último sábado (20), garantiu sua vaga na semifinal da competição e o acesso para o A1 de 2020. Estes resultados são fruto do trabalho do ex-jogador do Grêmio, Yura, que atualmente é o coordenador do time feminino.

A equipe colorada disputou o Brasileirão A2 e o Gauchão em 2018. Na primeira, a equipe foi eliminada na semifinal para o Vitória, o que adiou o acesso ao A1. Porém, o Internacional não contava com a desistência da disputa da elite nacional da equipe do Rio Preto, que resultou na classificação colorada para a disputa da primeira divisão da modalidade. Já no estadual, a equipe foi derrotada para o maior rival, o Grêmio, nos pênaltis, dentro do Beira-Rio. A falta de títulos resultou na demissão de Tatiele Silveira, que após quase dois anos, acumulou 40 jogos, com 34 vitórias, 4 empates e apenas 2 derrotas. Em 2019, as Gurias Coloradas estão fazendo uma ótima campanha no A1, com nove vitórias e 12 jogos, além da classificação antecipada para a próxima fase.

Contratações

Para a temporada 2019, a equipe gremista manteve a base do ano passado, trazendo alguns reforços pontuais, como Katrine, que estava no Internacional em 2018 e a técnica Patrícia Gusmão, que comandou o Tricolor em 2017, saiu em 2018 para ser auxiliar técnica no Internacional, e retornou este ano para o Imortal.

Do lado vermelho, as Gurias Coloradas reformularam o plantel e apresentaram algumas caras novas, como Naná, Luana Spindler e Yasmin. Para o comando, a equipe colorada anunciou Mauricio Salgado, que também treinou a equipe do Osasco, além da Seleção Brasileira Universitária de Futebol Feminino.

Craques

A equipe gremista conta com a artilheira do Brasileirão A2, Karina. A jogadora, que já havia jogado no Tricolor em 2017, estava no seu maior rival na temporada passada, mas voltou neste ano para comandar a equipe para o acesso à elite nacional.Já as coloradas contam com um reforço de Seleção Brasileira para a disputa do Brasileirão A1: Fabi Simões. A lateral, que possui passagens pelo Barcelona e pela China, foi convocada para a Copa do Mundo de 2019, mas acabou sendo cortada por lesão. Ela é uma das referências técnicas do lado vermelho.

Neste segundo semestre, as equipes se enfrentarão pelo Gauchão 2019, além da fase decisiva das competições nacionais. E aí, quem levará a melhor nas disputas? Vamos aguardar!

Conteúdo dos nossos parceiros do Jogando Com Elas