Manchester City deixa a Nike e acerta contrato de 10 anos com a Puma

Manchester City deixa a Nike e acerta contrato de 10 anos com a Puma

O Manchester City, atual campeão da Premier League, assinou um contrato de longo prazo com a Puma, substituindo o acordo atual com a Nike.

O valor do acordo não foi divulgado, mas relatos da mídia sugerem que pode chegar até 650 milhões de libras com duração de 10 anos.

A parceria entrará em vigor em julho e também abrange clubes irmãos na Austrália, Espanha, Uruguai e China.

O executivo-chefe da Puma, Bjorn Gulden, disse que esse foi o maior acordo que a empresa já fez até hoje.

Ele disse que a Puma queria “maximizar o desempenho no campo, bem como a cultura do futebol, em áreas como música, jogos e moda, para conectar e inspirar a base de fãs de cada equipe”.

Gulden disse que o acordo com o City inclui um contrato fixo, um bônus baseado em conquistas esportivas e um elemento de royalties.

Ferran Soriano, chefe da holding City Football Group (CFG), disse:

“É um dia histórico para nós. O que estamos fazendo não foi feito antes. É uma parceria sem precedentes”.

Sorriano disse que o acordo de patrocínio “redefiniria o modelo de parcerias esportivas em uma escala verdadeiramente global”.

O especialista em patrocínio esportivo Nigel Currie disse à BBC que o acordo reflete a natureza mutável do patrocínio esportivo e a natureza cada vez mais global do apelo da Premier League.

Ele acrescentou:

“O merchandising é vital. Não é puro patrocínio, é um acordo comercial. Será tudo sobre vendas de kits de réplicas e criação de uma gama de mercadorias para o mundo da moda”.

Os outros clubes cobertos pelo acordo são Melbourne City, Girona, Club Atletico Torque e Sichuan Jiunjiu.

O clube chinês foi adicionado à CFG no início deste mês.

O acordo abrange equipes de homens, mulheres e jovens em todos os clubes.

Outros grandes contratos de patrocínio no futebol inglês incluem a união do Manchester United com a Adidas, que supostamente vale 75 milhões de libras por ano, e o acordo da Nike com o Chelsea.

A Puma já tem acordos com vários dos principais clubes europeus, incluindo Borussia Dortmund, AC Milan e Marselha.

Extraído do site da BBC.