Jorge Avancini conduz palestra sobre Marketing Esportivo

Na noite desta terça-feira, o Foot.Hub recebeu Jorge Avancini para mais um evento. Desta vez, o tema foi marketing esportivo, área em que o palestrante atua há quase de vinte anos, com passagens por Internacional e Bahia.

Avancini abordou na palestra os principais momentos de sua carreira. Esta começou em algumas empresas privadas de Porto Alegre, ainda fora do futebol, mas já ligadas ao marketing e vendas. Sua relação com o esporte começou em 1996, quando ingressou na área política do Internacional. Dois anos mais tarde se tornou conselheiro do clube, para no ano 2000 fazer parte da gestão que comandava o clube.

Mais de 40 participantes estiveram na palestra | Foto: Jean Chollet/Foot.Hub

Desde o princípio foi direcionado para a área do marketing. No início do trabalho estruturou um departamento que não existia. Após um tempo fora, volta ao Inter em 2007, onde seguiu até 2015. Nos dois primeiros anos seu cargo era político, mas em 2009 se tornou executivo de marketing do clube, na intenção de profissionalizar a área. Da passagem pelo Internacional, foram destacadas as campanhas de marketing do centenário do clube: novo escudo com o nome adicionado ao redor, a busca pelos 100 mil sócios – número atingido um pouco depois da data festiva -, e a caminhada do centenário, onde uma multidão de torcedores tomou as ruas de Porto Alegre para celebrar o clube. O contrato com a Nike para o fornecimento de material esportivo, que entrou em vigor no início de 2012, também teve participação de Avancini. 

No Bahia, onde atuou de 2015 até final de 2017, o destaque foi o momento geral do clube, que passava por uma reestruturação após sérios problemas políticos. A partir disso foi realizada uma campanha de sócio que ajudasse na retomada do tricolor baiano. Além disso, campanhas como “Dia de Bahia”, que aproximavam o torcedor do clube em dias de jogos e “Meu abadá é tricolor”, envolvendo artistas do carnaval local, auxiliaram neste novo período que começava no Bahia.

A conexão entre os participantes e Avancini foi uma marca do evento, com interações durante toda a palestra. Um tema levantado foi a utilização de um terceiro uniforme pelos clubes, hábito entre os grandes da Europa que não se repete assiduamente no Brasil. Um dos problemas citados por Jorge é a mística e as crenças que possuem os principais dirigentes do futebol nacional, que acabam impedindo algumas inovações. Outro aspecto comentado com os participantes é a dificuldade de trabalhar no marketing de uma indústria que acaba dependendo dos aspectos de dentro de campo.

No final, Avancini abordou algumas áreas que devem ser fundamentais para o futuro do esporte. A transformação dos clubes em empresas, com boas práticas de governança será algo fundamental para o sucesso. Este também estará ligado à uma comunicação adequada com o torcedor, que envolva interatividade via redes sociais e conteúdo próprio, partir da utilização de dados para reconhecer as preferências daqueles que acompanham o clube. Ações sociais, relacionadas com o fortalecimento da marca da entidade devem sempre estar presentes entre as iniciativas das instituições, retribuindo para a sociedade o que é recebido pelo clube.

Mais um evento com muito conteúdo qualificado no Foot.Hub. A tradicional conexão entre os participantes ocorreu também ao final da noite, onde surgem oportunidades de contato para quem trabalha ou quer começar no futebol.