Da luta à glória: o futebol feminino na Inglaterra

Da luta à glória: o futebol feminino na Inglaterra

Não é de hoje que a Inglaterra tem o costume de ser um dos locais que mais respira futebol no mundo. É na Terra da Rainha que a Premier League, uma das competições mais vistas pelos fãs do esporte, é disputada anualmente.

É também no berço dos Beatles e de tantos outros famosos que o futebol feminino vem ganhando chances, vez e o mais importante: visibilidade e investimento. No entanto, nem sempre foi assim. 

O começo do futebol inglês feminino

Como em muitos esportes, o futebol feminino na Inglaterra demorou para vingar, mais ainda porque questões culturais como o machismo, por exemplo, estavam muito presentes em ambientes onde as mulheres britânicas demonstravam o simples interesse em jogar bola. Mesmo assim, o país fez história. 

O primeiro time de futebol feminino foi criado em solo britânico. Em 1894, foi fundado o British Ladies Football Club com a ideia de dar oportunidades às mulheres que simplesmente desejavam praticar o esporte. 

Apesar das críticas, tanto da imprensa quanto da sociedade no geral, a criação do time foi importante para o futebol feminino inglês que cresceu ao longo da história e em 2019 se tornou um dos países mais organizados quanto à prática do esporte.

O British Ladies Football Club foi a inspiração para a criação do Dick, Kerr’s Ladies FC, time de uma fábrica inglesa chamada Dick, Kerr & Co que em 1917 se tornou o único clube de futebol a ter um elenco com homens e mulheres.

Embora a ideia tenha sido legal e tenha levado uma boa quantidade de público aos estádios para ver as partidas do Dick, o sucesso não foi o bastante para manter o clube de pé já que em 1921, a FA decidiu banir todos os clubes de futebol feminino que estavam ligados à federação com o argumento de que a modalidade era “inadequada e não deveria ser incentivada”.

A situação do futebol feminino na Inglaterra só melhorou a partir da década de 70 e só teve uma melhor organização na década de 90 com a criação da WPL, a Women’s Premier League.

De 1992 até 2009/10, a Women’s Premier League era a primeira divisão inglesa até que a partir de 2011 foi substituída pela atual WLS, a Women’s Super League.

A WLS: as modificações e a atual liga inglesa

Depois de muitas modificações, desde 2011 o futebol feminino inglês ganhou uma cara nova e também se tornou uma liga mais organizada. Hoje, além da primeira divisão, o futebol feminino no país tem também a sua segunda divisão, batizadas de Barclays FA WLS e FA Women’s Championship.

Na primeira divisão, 12 equipes se enfrentam em partidas de ida e volta num total de 22 jogos. A campeã e a vice conquistam as suas vagas na Champions League. A última colocada é rebaixada para a FA Women’s Championship e a campeã da segunda divisão, sobe para a primeira. 

Os times da primeira divisão 

Com 12 times, a primeira divisão do futebol feminino inglês tem no Arsenal o seu maior campeão nacional. Manchester United e Tottenham, que recentemente investiram no futebol feminino, são estreantes na primeira divisão. 

Os clubes da elite inglesa são: Arsenal, Birmingham City, Brighton & Hove Albion, Bristol City, Chelsea, Everton, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Reading, Tottenham Hotspur e West Ham United

Os times da segunda divisão 

 

Com 11 clubes, a segunda divisão inglesa hoje tem os seguintes times: Durham, Aston Villa, London City Lionesses, London Bees, Lewes, Sheffield United, Crystal Palace, Coventry United, Charlton Athletic, Blackburn Rovers Ladies, e Leicester City

Igualdade e ajuda: a Barclays FA WSL 2019/20

Em 2019, a primeira divisão do futebol inglês ganhará o aporte do banco Barclays, que por anos investiu no futebol masculino e na temporada 2019/20 injetará 10 milhões de libras na WLS. O valor, pequeno se comparado ao futebol disputado por homens vai ajudar a manter a liga.

Além disso, por conta da ajuda do banco, o futebol feminino inglês terá um fundo pela primeira vez, onde as equipes da primeira divisão serão premiadas pela sua colocação na classificação no final da temporada. 

As duas divisões da temporada 2019/20 do futebol feminino na Inglaterra começaram no último final de semana inclusive tendo clássicos já na primeira rodada como foi o duelo Manchester City x Manchester United.  

Texto dos nossos parceiros do Jogando Com Elas.