Análise da semana: Final da Libertadores em Santiago?

Análise da semana: Final da Libertadores em Santiago?

Todos sabiam dos problemas que a final única da Libertadores poderia trazer. Agora, faltando pouco menos de um mês para o jogo, é possível exemplificar todos os problemas.

O primeiro problema é a logística para chegar ao Chile. Obviamente muitos torcedores farão o percurso de carro ou ônibus, principalmente os argentinos torcedores do River Plate. Mas diversos outros prefeririam ir de ônibus. E aí surge a complicação. A popular lei da oferta e da demanda fez com que os preços alcançassem um outro nível. Se, na média, as passagens do Brasil para Santiago costumam custar R$ 1.600,00, após a confirmação do confronto os valores chegaram a R$ 3.500,00. Hoje, 01/11, seria necessário desembolsar quase R$ 5.000 se você quisesse comprar uma passagem do Rio de Janeiro para Santiago.

Outro problema que surgiu foi relacionado aos ingressos. Cada clube teve direito de comercializar apenas 12.5 mil para seus sócios. O restante do estádio será misto, além das entradas distribuídas para os patrocinadores. Ao contrário do que muitos previam, dificilmente o estádio estará vazio. No entanto, os preços oficiais, entre 80 e 200 dólares, e não oficiais, que vão de 2 a 11 mil dólares, acabam afastando da final aquele torcedor mais humilde, que se esforçou para estar presente ao longo de toda a campanha. Na hora de ver seu time levantar a taça, ele estará em frente à uma televisão.

Além de tudo isso, a Conmebol deu o azar de uma crise política e econômica iniciar no Chile. As ruas de Santiago têm sido palco de verdadeiras batalhas. Mas nada de enfrentamento entre torcedores do Flamengo e do River Plate. É o povo chileno lutando contra a desigualdade presente no país. A manifestação mais significativa levou 1 milhão de pessoas às ruas, cerca de um quinto da população da capital chilena. Ainda que o governo do Chile tenha garantido que a final será jogada no país, dois outros importantes eventos internacionais que ocorreriam na cidade foram cancelados.E ainda faltam três semanas para a partida…

Esse texto faz parte do Mundo da Bola, nosso newsletter semanal que traz as últimas notícias do futebol. Quer receber um conteúdo como esse no seu email toda semana? Se inscreva aqui (https://cursos.foothub.com.br/mundodabola)!