"Acho que deixei o Boca por ser vegano", revela Sebastián Pérez

"Acho que deixei o Boca por ser vegano", revela Sebastián Pérez

Sebastián Pérez começou sua carreira no Atlético Nacional e um excelente desempenho de futebol chamou a atenção do Boca, que decidiu contratá-lo para reforçar o meio-campo. Lesões e pouca consideração por Guillermo Barros Schelotto foram as razões pelas quais o colombiano foi perdendo terreno e por isso teve de se transferir para Pachuca e depois para Barcelona de Guayaquil, clube onde está hoje. No entanto, ele trouxe à luz uma versão alternativa dos fatos.

“Acho que deixei Boca por ser vegano. Quando decidi ir por esse caminho, eu sabia que viriam estes tipo de comentários. Me tornei vegano quando estava lesionado, me ajudou a recuperar mais rapidamente, treinar mais e chegar nas terapias com mais energia”, explicou Seba para a ESPN. Ele continuou: “Eu sabia que viriam estes tipos de comentários. Diziam: ” És o 5 do Boca, como vai ser vegano, tem que comer churrasco’. Por favor.”

Quem se aprofundou no assunto foi Manuela, sua parceira, que o acompanhou durante a entrevista.

“Não sei se foi claramente por causa disso, mas isso o motivou, culturalmente eles não têm um tema muito desenvolvido, mas houve muitas lesões constantes para os torcedores. Houve jogadores que se machucaram toda vez e não disseram nada, mas se Sebastián se machucou toda vez, eles dizem que é sobre ser vegano, qualquer coisa que aconteceu foi considerada vegana”, disse.

Extraído de Olé